Conheça três soluções de pagamento para evitar a dependência das maquininhas de cartão

Nas últimas décadas, novas formas de pagamento surgiram, tornando a vida dos consumidores e lojistas mais prática. Duas das funcionalidades que mais ganharam adeptos no Brasil neste período foram os cartões de débito e crédito. 

 

Segundo dados divulgados pelo Banco Central no ano passado, o Brasil registrava, no fim de 2020, 134 milhões de cartões de crédito ativos, um aumento de 12% em comparação a 2019. No mesmo período, os de débito avançaram 26%, alcançando 167 milhões de itens.

 

Com o avanço das duas modalidades, outro objeto se tornou comum aos olhos do brasileiro: as famosas “maquininhas de cartão”. Cada vez mais portáteis e modernas, os dispositivos permitiram maior mobilidade para os negócios, agregando praticidade e valor aos negócios. 

 

Ao mesmo tempo que entregam facilidade e comodidade na hora do pagamento, alguns brasileiros podem se sentir dependentes das maquininhas, tendo dificuldades caso não haja a disponibilidade deste serviço. Afinal, é possível vender sem o auxílio dessa ferramenta? 

 

E a resposta é sim! 

 

Para ajudar a impulsionar os seus negócios sem depender das máquinas de cartão, preparamos três opções de pagamento que podem ser usadas em diversas situações. Confira abaixo: 

 

1)  PIX

 

A adesão do brasileiro ao PIX surpreendeu até mesmo especialistas da área. Informações divulgadas pelo Banco Central revelaram que mais de 348 milhões de chaves PIX tinham sido registradas em menos de um ano do lançamento da tecnologia. Neste período, mais de 1,6 bilhão de transações foram realizadas, mais do que a soma de boletos, TEDs, DOCs e cheques juntos.

 

Para realizar transações mais seguras nesta modalidade, recomenda-se gerar uma chave aleatória própria para o negócio ou melhor: um QR Code especial para pagamentos e transferências. Além do débito em tempo real, o Banco Central estuda lançar em breve o PIX Garantido, que permitirá o parcelamento de compras. 

 

2) QR Code

 

Uma forma de evitar filas, principalmente em estabelecimentos pequenos, e ainda agregar valor ao negócio é aderir ao pagamento via QR Code. Desde o início da pandemia da Covid-19, por conta dos protocolos de segurança, esta modalidade ganhou mais espaço no Brasil. Hoje em dia, tornou-se comum, por exemplo, bares e restaurantes utilizarem o QR Code como forma de acesso a menus e cardápios locais.

 

Por conta dos dados criptografados, o QR Code dispõe de camadas extras de proteção, evitando que dados sensíveis sejam compartilhados durante as transações. De acordo com especialistas, a modalidade de pagamento deve se popularizar ainda mais nos próximos anos e alcançar mais de 2 bilhões de usuários até 2025.

 

3) Utilizar um leitor de cartão móvel 

 

A nossa última dica é utilizar o seu smartphone ou tablet como um leitor de cartões. Ou seja, basicamente transformar o seu dispositivo em uma maquininha. Através desta tecnologia, é possível aceitar pagamentos de bandeiras importantes como Visa, Mastercard e demais instituições financeiras. Além disso, optar por essa escolha mostrará aos clientes que você está antenado com as inovações do mercado.

 

Adquirir um leitor de cartão pode ser uma solução eficiente principalmente para as micro e pequenas empresas, agregando praticidade e o mínimo de burocracia no negócio. Mas atenção, por ser uma tecnologia recente, é necessário escolher bem entre as opções disponíveis no mercado. Tenha atenção às funcionalidades que cada empresa oferece e selecione aquela que se adapta melhor para o seu empreendimento!  

 

Esperamos que as nossas dicas tenham sido valiosas para você e para o seu negócio! 

 

Caso queira saber mais sobre esse e outros assuntos, contate a equipe da CuboPay e venha somar os melhores resultados conosco!

 

Baixe o App

Baixe APP Cubopay no Google Play
Baixe APP Cubopay na Apple Store

Para Empresas

Para Empresas:
merchant@cubopay.net

Copyright ©2021 Todos Direitos Reservados | CuboPay.net
Brasil - Cubotech Tecnologia Ltda - Av Paulista 37 cj 41, Bela Vista - SP