Conheça as vantagens da portabilidade de salário e como solicitar a mudança na conta

A conta salário é uma prática muito comum entre as empresas no Brasil. Na modalidade, a companhia solicita a abertura de uma conta em uma instituição financeira em nome do funcionário para realizar o pagamento dos serviços prestados mensalmente.

Diferentemente das contas correntes, a modalidade salário tem funções limitadas, já que não permite transações bancárias, pagamento de faturas, emissão de cheques nem disponibiliza o uso de cartão de crédito. Essas opções não estão disponíveis, pois como o próprio nome sugere, a conta salário tem como função facilitar a gestão das empresas e permite apenas depósitos do contratante, além de benefícios como pensões, aposentadorias (exceto INSS), entre outros.

Se por um lado a isenção de taxas de manutenção tende a atrair os empregadores, as limitações podem fazer com que os funcionários se sintam menos atraídos com a possibilidade de ter “mais uma conta” para administrar. Nesses casos, muitos optam pela portabilidade de salário.

 

O que é portabilidade de salário?

Podemos entender a portabilidade de salário como uma mudança de “endereço” dos seus vencimentos. Funciona de forma similar à portabilidade de uma operadora de telefone. Ou seja, ao invés de receber o pagamento na conta-salário, você poderá escolher outra conta (corrente, poupança, entre outras possibilidades) ou instituição financeira de sua preferência.

Essa mudança foi instituída em meio a diversas resoluções oficializadas pelo Banco Central em 2006. Desde então, o empregado pode solicitar a mudança sem a necessidade de qualquer desconto ou abatimento em seu salário.

Em 2018, outras aletrações importantes foram sancionadas. Entre elas, o recebimento do salário em contas de pagamento como as fintechs, startups que oferecem serviços de tecnologia financeira. Na época, todas as alterações foram coordenadas e instituídas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

 

Por que fazer a portabilidade de salário?

Com a portabilidade, o empregado ampliará as opções de uso da conta. Isto é, poderá optar, por exemplo, por receber o salário em uma conta corrente em que já está acostumado a realizar operações como transferências, pagamentos, movimentações via PIX, transações com o próprio cartão de crédito, entre outros.

Além disso, com a centralização da gestão do dinheiro pessoal, muitos conseguem se organizar melhor financeiramente, evitando problemas como gastos excessivos, atraso de contas ou até mesmo perder de vista o próprio custo fixo mensal e rendimentos totais.

 

Como fazer a portabilidade

A portabilidade de salário pode ser realizada de forma simples e prática. Para isso, basta solicitar a mudança para a instituição financeira atualmente encarregada pela conta salário ou mesmo o banco/fintech escolhida para receber os vencimentos. Em muitos casos, o pedido pode ser feito através dos respectivos canais digitais de comunicação.

Durante a solicitação, algumas informações serão requisitadas como dados da conta salário, conta destinatária (escolhida pelo cliente), além do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e Razão Social da empresa responsável pelo pagamento. Caso você não tenha essas últimas informações, poderá solicitar para o setor de Recursos Humanos da instituição em que trabalha ou consultar no contra-cheque ou holerite disponível.

A portabilidade de salário tem um prazo máximo de 10 dias úteis para ser concluída. Após o tempo determinado, os seus vencimentos passarão a ser destinados para a conta escolhida. Super simples, não é mesmo?

 

Esperamos que essas dicas tenham sido valiosas. Contate a equipe da CuboPay e venha somar os melhores resultados conosco!

Baixe o App

Baixe APP Cubopay no Google Play
Baixe APP Cubopay na Apple Store

Para Empresas

Para Empresas:
merchant@cubopay.net

Copyright ©2021 Todos Direitos Reservados | CuboPay.net
Brasil - Cubotech Tecnologia Ltda - Av Paulista 37 cj 41, Bela Vista - SP